Construindo Uma Cidade Turistica

A+ A A-
Ivone Ferraz

Ivone Ferraz

Construindo uma Cidade Turística traz as notícias do turismo nacionais e internacionais, cobertura de eventos e destinos visitados, gastronomia e social.

Fone: 51 98354979

URL do site: http://www.construindoumacidadeturistica.com/ E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Teresina Um Lugar Diferente

Publicado em Artigos

A cidade de Teresina, Capital do Piauí, é adorável e convidativa em especial pelo seu povo que ama a “Cidade Menina”, como é carinhosamente chamada pelos moradores. A sensação de estar em Teresina, seu povo é sorridente, alegre, religioso e prestativo.

Os Pontos Turísticos da capital são lindos e agradáveis. No encontro dos rios Parnaiba e Poty, existem um complexo turístico com boa infraestrutura, banheiros públicos,  exposição de artesanato, restaurante flutuante (Rio Poty) com peixes frescos e  passeios de canoas com os pescadores. Outro lugar imperdível de visitar é o mirante da  Ponte Estiada (sobre o Rio Poty) para contemplar toda cidade.

Para quem gosta de aventura nas proximidades de Teresina, encontra-se o Parque Nacional das Sete Cidades, incrustrado dentro de 6mil hectares de Caatinga, com suas muitas lendas, animais do agreste, plantas do semi-árido, figuras geológicas esculpidas pelos ventos com milhares de anos e uma grande variedade de pinturas rupestres com mais de 6 mil anos. As esculturas eólicas revelam formas extravagantes ao olhar atento de seus guias, podendo ser visualizado o mapa do Brasil, o arco do triunfo, a cabeça de Dom Pedro, os Três Reis Magos, a cabeça de macaco, duas cobras próximas de se beijarem, o altar de orações, o elefante, a tartaruga  e muitas outras figuras, bastando ter imaginação.

Junto ao Parque encontra-se o HOTEL FAZENDA SETE CIDADES, com todo conforto que possa se desejar num lugar fantástico como este. Bons apartamentos, piscina de água artesiana, refeições típicas, e muitos animais por todo lago (Jegue da Globo, Angolistas, Cabritos, Cavalos, etc... E o melhor de tudo, muito sossego e natureza sertaneja que só este hotel pode oferecer. Se desejar, pode espichar a estada confortável e carinhosa em Teresina no HOTEL SETE CIDADES EXPRESS, situado entre o centro e o Bairro Fátima onde estão localizados os mais famosos restaurantes da Cidade. A rede gastronômica deste Bairro contempla restaurantes modernos, tematizados, com arquitetura arrojada e decoração típica do Piauí. Como sempre também aí você encontra atendimento exemplar e sabores inesquecíveis (os 10% são  opcionais). A comida típica da capital do Piauí trás muitas surpresas. Especialidades como o capote (galinha da angola), arroz Maria Isabel, Baião de dois, Bode (cabrito) e Carneiro assados, carne de sol, entre outras especialidades, que são servidos com muitos tipos diferentes de farinha da macaxeira. Para beber, a sempre recomendada e famosa Cajuína, feita com o suco natural da fruta do caju que é produzida em alguma das dezenas de agroindústrias sediadas no estado.

Vai aqui um agradecimento especial ao nosso amigo GIson Trindade e sua esposa , integrantes da  Associação Brasileira da Industria de Hospedagem do Piauí  (ABIH-PI) que nos receberam com muito carinho e atenção durante nossa estada nesta cidade aconchegante e calorosa. E como dizem por lá, “Teresina 40ºC e 100º de calor humano.

Turismo Social

Publicado em Artigos

Toda cidade tem seu glamour turístico, porém, só algumas se transformaram em grandes centros de férias e visitações, reflexo da visão de futuro, política pública e investimentos no desenvolvimento e na infraestrutura para o “bem receber”.

E porque tem tão poucas cidades consideradas Turísticas? Em geral, é porque nas   cabeças “brancas” de políticos retrógrados, o Turismo é coisa de “rico”, lazer de poucos e só serve para melhorar a vida dos empresários da oposição. Visão obtusa do que está acontecendo no mundo globalizado.

O novo conceito em turismo coloca no centro dos benefícios a população mais carente de emprego e renda – TURISMO SOCIAL. Segundo dados do Governo Federal (Min. Do Turismo), o turismo atualmente “espraia” a riqueza e já tem nas classes “C” e “D” sua maior força.

Assim, cada município pode pensar em promover alguma de suas “características” como “produto turístico” e implantar em sua cidade a “semente do Turismo”, para colher bons frutos para todo sempre, se assim fizer...

 Entretanto, a expansão do Turismo Social,  passa primeiro pela consciência das pessoas importantes das cidades, sejam os administradores públicos ou entidades representativas. De outra forma, as idéias não florescerá. Pelo contrário, pode começar a definhar e morrer ...

Torres na Costa Leste do Rio Grande do Sul é um exemplo de como o Turismo pode definhar. Outrora era o principal destino Latino Americano de férias de verão com o maior numero de hotéis do estado. Hoje não é mais referencia de férias de verão. A  prova disto, são os mais de 15 hotéis que fecharam nos últimos 10 anos – um deles com mais de 200 apartamentos, está sendo transformado em PREFEITURA, e neste mês o tradicional HOTEL SAMAMAMBAIA sucumbiu por falta de lucratividade anual ...

 A cada ano, mais pessoas das classes menos abastadas viajam (inclusive de avião), fazendo crescer a pujante economia do Turismo Social. Exemplo recente disto são os milhares de Argentinos “com pouca plata” que estão no Estado para acompanhar a Copa do Mundo, mesmo que o ingresso dos jogos seja “impensável” em seus orçamentos ...

O Turismo Social criou novos públicos, alvo que buscam lazer e aproveitam as  facilidades de ir e vir e de créditos. Cabe agora aos municípios embarcarem nesta onde e aproveitarem o Turismo Social ... pelo menos enquanto a maré sobe...

Planejamento Turístico

Publicado em Artigos

Todos fazem o planejamento de alguma atividade que pretendem realizar para alcançar um determinado objetivo. E com o turismo o processo não é diferente, exige um planejamento dos setores público junto com o privado.

Uma cidade que se considera turística deve ter seu planejamento turístico consolidado, buscando aumentar a demanda de visitantes, estruturar os equipamentos urbanos, atrair novos investimentos e gerar desenvolvimento econômico, sem esquecer-se de melhorar as condições de vida da população local.

Para planejar o turismo o município deve envolver a comunidade local, fazer o inventario das potencialidades, dos equipamentos e serviços disponíveis e propor as ações necessárias para desenvolver a atividade (ou no mínimo manter o que já existe). Ainda, não se deve esquecer-se das contrariedades de setores “conservadores”, diagnosticando os possíveis obstáculos, mitigando os impactos na cultura ou nas mudanças que poderá causar na vida das pessoas e no local em que eles vivem (vá que dá certo ...).

O importante é ter em mente que o desenvolvimento do turismo, sem uma base de planejamento não se sustenta, pelo contrario acelera o falecimento da localidade como um destino turístico. Exemplo disso são as praias, que hoje perdem no veraneio para o Turismo da Serra (Ex. Natal Luz, Pascoa, Festa da Uva, Fenavinho, etc...)

No Planejamento turístico, uma das grandes ferramentas é a estruturação do Marketing Estratégico. Segundo Kotler o Marketing Estratégico de lugares significa projetar um lugar que satisfaça as necessidades de seus mercados alvo e seu objetivo é atingido quando cidadãos  ficam satisfeitos com suas comunidades e quando as expectativas dos visitantes são atendidas.

Utilizando ferramentas corretas de planejamento, podem-se esperar bons resultados de desenvolvimento do Turismo. No caso do Turismo, fazer sempre do mesmo jeito, o resultado tende a ser cada vez menor... No turismo o importante é Planejar, Inovar e agir ... Portanto, ação em 2014 ou ...  (responda você esta frase).

Comentários

Facebook

Usuário

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

4.png7.png3.png1.png0.png4.png

Copyright © 2014 - Construindo Uma Cidade Turistica - Todos os direitos reservados